"Prévia do PIB"

IBC-Br recua e fica em 0,18% em maio

A queda foi menor que a expectativa de alguns analistas, que esperavam baixa de 0,5% na comparação mensal

17/07/2014 | 11h57
A economia brasileira desacelerou em maio. Considerado um "sinalizador" do Produto Interno Bruto (PIB), o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,18% em maio, em relação a abril, segundo informou o Banco Central (BC) nesta quinta-feira. O índice registrou queda depois de subir 0,5% em abril. 

Leia todas as notícias de Zero Hora
Leia todas as notícias sobre Economia

Apesr do recuo, a queda foi menor que a expectativa de alguns analistas que esperavam a baixa de 0,5% na comparação mensal.

Nos 12 meses encerrados em maio, o crescimento foi de 1,95%.

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária, assim como impostos sobre os produtos.

Considerado uma "prévia do PIB", o índice serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses e tem grande influência sobre as estimativas do mercado financeiro.

*Zero Hora com Estadão Conteúdo

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.