Economia

BC alemão alerta sobre riscos de compras de dívida corporativa do BCE

Por: Estadão Conteúdo
24/07/2017 - 09h02min

O Banco Central da Alemanha (Bundesbank) fez um alerta hoje sobre a decisão do Banco Central Europeu (BCE) de comprar dívida corporativa, com o argumento de que os estímulos monetários expõem o BCE a perdas e riscos que favorecem mais as grandes empresas.

O BCE já adquiriu cerca de 100 bilhões de euros em dívida corporativa como parte de seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês). Dívida corporativa representa uma parte relativamente pequena do QE, que envolve principalmente compras de bônus soberanos e é estimado em 2,3 trilhões de euros.

O QE tem ajudado a reduzir as taxas de juros na zona do euro, dando sustentação ao crédito e contribuindo para a sólida recuperação econômica do bloco de 19 países. Mas o programa tem sido ferozmente criticado na Alemanha, onde autoridades acusam o BCE de subsidiar governos do sul europeu e de prejudicar contribuintes e pensionistas alemães.

Em relatório publicado nesta segunda-feira, o Bundesbank reforçou as críticas ao QE. Segundo o BC alemão, as compras de dívida corporativa têm uma série de efeitos colaterais indesejados, incluindo o risco de beneficiar grandes companhias ativas nos mercados de capitais, em detrimento de pequenas empresas que dependem de empréstimos bancários.

Em reunião na última quinta-feira, o BCE decidiu manter inalterados os amplos estímulos de sua política monetária, que incluem o QE e juros em mínimas recordes. Fonte: Dow Jones Newswires.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.