Economia

Lautenschläger, do BCE, diz que está na hora de decidir sobre retirada do QE

Por: Estadão Conteúdo
15/09/2017 - 08h54min

Chegou a hora de o Banco Central Europeu (BCE) decidir sobre o fim de seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês), afirmou hoje Sabine Lautenschläger, uma das dirigentes da instituição mais favoráveis à retirada de estímulos monetários.

Segundo Lautenschläger, a inflação na zona do euro eventualmente voltará para a meta do BCE, que é de taxa ligeiramente inferior a 2%, à medida que as condições econômicas melhorarem.

"O crescimento vigoroso e a acomodação monetária vão nos levar de volta para uma taxa de inflação que esteja em linha com nosso objetivo", disse ela, durante conferência na Estônia. "Quase não há dúvida sobre isso. Desta forma, está na hora de tomar uma decisão agora sobre nossas compras de bônus no começo do próximo ano."

Através do QE, o BCE pretende continuar comprando cerca de 60 bilhões de euros (US$ 71,5 bilhões) em ativos - principalmente, bônus soberanos - ao mês até dezembro.

Na semana passada, o presidente do BCE, Mario Draghi, disse que a instituição provavelmente decidirá sobre o futuro do QE em sua próxima reunião de política monetária, em 26 de outubro. Fonte: Dow Jones Newswires.