Perfis dos presidenciáveis

A trajetória de Aécio Neves em cinco momentos

Senador mineiro disputará a eleição pelo PSDB

04/08/2014 - 21h35min
A trajetória de Aécio Neves em cinco momentos PSDB/Divulgação
Foto: PSDB / Divulgação

Família ilustre

Nascido em Belo Horizonte em 1960, o tucano Aécio Neves da Cunha é neto de dois dos mais importantes políticos mineiros: Tristão da Cunha e Tancredo Neves.

Início da vida pública

Aécio entrou para a política em 1981, trabalhando na campanha vitoriosa do avô Tancredo ao governo de Minas Gerais nas eleições do ano seguinte. Em 1983, após a posse, tornou-se secretário particular do governador. Formou-se em Economia em 1984.

"A renegociação da dívida dos Estados é necessária", diz Aécio
Como as redes sociais irão interferir na campanha
Leia todas as notícias sobre as eleições 2014

Influência em Brasília

Eleito deputado federal pelo PMDB em 1986, participou da Assembleia Nacional Constituinte e se reelegeu três vezes para a Câmara. Ingressou no PSDB em 1989.

Entre o fim da década de 1990 e o início dos anos 2000, Aécio construiu a reputação de um dos políticos mais influentes do Congresso Nacional. Atuou como líder da bancada do PSDB na Câmara de 1997 a 2000. Em 2001, foi eleito presidente da Casa.


Foto: Waldemir Barreto, Agência Senado

Governo de Minas

Em 2002, foi eleito governador de Minas Gerais em primeiro turno. Quatro anos mais tarde, foi reeleito, também em primeiro turno. Em 2010, conseguiu eleger seu sucessor no cargo, o atual governador Antonio Anastasia.

Oposição no Senado

Em 2010, Aécio elegeu-se senador com mais de 7 milhões de votos. De volta a Brasília, tornou-se uma das principais vozes da oposição ao governo Dilma no Senado. Em 2013, tornou-se presidente nacional do PSDB.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.