Perfis dos candidatos

A trajetória de Tarso Genro em cinco momentos

Petista já foi crítico literário e concorre ao Piratini pela quarta vez

04/08/2014 | 13h09
A trajetória de Tarso Genro em cinco momentos Gustavo Gargioni/Palácio Piratini/Divulgação
Tarso participou do grêmio estudantil e da ala jovem do PTB em Santa Maria Foto: Gustavo Gargioni / Palácio Piratini/Divulgação

Político desde guri

Tarso Fernando Herz Genro, 67 anos, nasceu em São Borja, na Fronteira Oeste. Aos seis anos, mudou-se para Santa Maria com o irmão e os pais, o professor Adelmo e a dona de casa Elly. Foi na cidade da Região Central que Tarso deu os primeiros passos na política: na infância, acompanhando o pai em campanhas; na adolescência, atuando no Grêmio Estudantil e, na juventude, como militante do Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

Advogado, escritor e crítico literário

Tarso formou-se em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especializou-se em Direito Trabalhista, e foi advogado de sindicatos e associações profissionais. Atuou por 15 anos como crítico literário no Caderno de Sábado do jornal Correio do Povo e teve livros editados nas áreas de Direito, Política e Literatura.



Tarso Genro foi um dos fundadores do Partidos dos Trabalhadores (PT)
Foto: Leonid Straliaev / Agencia RBS


O início da trajetória política

Em 1968, aos 21 anos, Tarso foi eleito vereador de Santa Maria pelo MDB. Vinte anos mais tarde, elegeu-se vice-prefeito de Porto Alegre pela Frente Popular, ocupando também o cargo de Secretário de Governo. Em 1989, assumiu como deputado federal e, em 1990, concorreu ao governo do Rio Grande do Sul. Retornou posteriormente à vice-prefeitura e exerceu o cargo de prefeito de Porto Alegre de 1993 a 1996 e de 2001 a 2002. Em 2002, candidatou-se mais uma vez ao governo do Estado.

Quatro vezes ministro

Em 2003, durante o Governo Lula, Tarso exerceu a função de titular da Secretaria Especial do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Foi ministro da Educação entre 2004 e 2005, período em que também assumiu a presidência nacional do Partido dos Trabalhadores. Em 2006, comandou o Ministério de Relações Institucionais e, de 2007 a 2010, foi ministro da Justiça.

Governo do RS

Em 2010, foi eleito em primeiro turno como governador do Rio Grande do Sul, com 54,35% do total de válidos. Em 2014, ele tenta a quarta candidatura ao governo gaúcho. O candidato é casado com a médica Sandra Genro, pai de Vanessa e Luciana Genro - deputada federal e candidata à presidência pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) - e tem dois netos.


Tarso em 2014, durante a oficialização da coligação entre PT, PTB e PC do B
Foto: Divulgação/PT-RS

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.