Versão mobile

Pesquisa Ibope

Marina abre 10 pontos sobre Aécio e venceria Dilma no 2º turno

É o segundo levantamento desde a morte do ex-governador pernambucano Eduardo Campos

26/08/2014 - 18h11min | Atualizada em 27/08/2014 - 08h05min
Marina abre 10 pontos sobre Aécio e venceria Dilma no 2º turno Montagem sobre fotos/Reprodução
Foto: Montagem sobre fotos / Reprodução

Nova pesquisa Ibope, divulgada no final da tarde desta terça-feira, confirma o crescimento de Marina Silva (PSB) na disputa à Presidência da República. A ex-ministra, que substitui Eduardo Campos, abriu 10 pontos sobre Aécio Neves (PSDB) e apareceu em segundo lugar, com 29% das intenções de voto. O tucano está na terceira posição, com 19%.

Os resultados indicam que Marina disputaria um eventual segundo turno com a presidente Dilma Rousseff (PT), que lidera a corrida presidencial com 34%. A pesquisa foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo. É o segundo levantamento registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde a morte do ex-governador de Pernambuco em acidente aéreo em Santos, e o primeiro desde que a candidatura de Marina foi oficializada.

Primeiro debate de TV entre os presidenciáveis é marcado por ataques

Entre os demais candidatos, Pastor Everaldo (PSC) soma 1% das intenções de voto, a exemplo de Luciana Genro (PSOL). Individualmente, Zé Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Rui Costa Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não alcançam 1%.

Em comparação com a pesquisa Ibope anterior (7 de agosto), que ainda trazia Eduardo Campos na disputa, Marina tirou votos de todos os outros principais candidatos. Dilma e Aécio recuaram quatro pontos cada, e o número de eleitores que anulariam o voto ou votariam em branco caiu seis pontos. Também há três pontos a menos de indecisos.

Rosane de Oliveira: Marina, um tsunami na campanha
As estratégias de Aécio, Dilma e Marina para o primeiro debate na TV
Leia todas as notícias sobre Eleições 2014

Projeção para o segundo turno

Em um eventual segundo turno, Marina Silva venceria Dilma Rousseff. Conforme a pesquisa, ela teria 45% dos votos, contra 36% da petista.

O levantamento do Ibope foi feito entre os dias 23 e 25 de agosto, com 2.506 eleitores em 175 municípios do país. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR428/2014 e tem margem de erro máxima de dois pontos percentuais e nível de confiança de 95%.

Na primeira pesquisa eleitoral realizada após a morte de Eduardo Campos, divulgada em 18 de agosto, Marina Silva e Aécio Neves apareciam em empate técnico na segunda colocação. No levantamento, realizado pelo Datafolha, Dilma Rousseff tinha 36% das intenções, contra 20% do candidato do PSDB e 21% de Marina Silva.

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.