Porto Alegre

Marchezan suspende campanha após morte de coordenador de Melo 

Em nota, candidato do PSDB lamenta a morte de Plínio Vargas Zalewski e diz que suspensão de atividades é em solidariedade à família, aos amigos e ao PMDB 

Por: Zero Hora
17/10/2016 - 17h18min | Atualizada em 17/10/2016 - 19h16min

Por meio de nota, o candidato do PSDB à prefeitura de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, lamentou a morte do coordenador do plano de governo da campanha de Sebastião Melo (PMDB), Plínio Zalewski, encontrado morto na sede do PMDB, na Avenida João Pessoa, na tarde desta segunda-feira. A polícia ainda apura a causa.

Leia mais:
Chefe da campanha de Melo é encontrado morto na Capital
Chapas de Melo e Marchezan divergem sobre suposta invasão de comitê
Comitê de Nelson Marchezan Júnior é alvo de disparos no bairro Azenha

No comunicado, o tucano afirma que a "coligação Porto Alegre Pra Frente lamenta, com profundo pesar, a morte trágica de Plínio Vargas Zalewski".

Procurado por ZH, Nelson Marchezan Júnior afirmou que recebeu a notícia da morte de Zalewski com muita tristeza e que esse fato abala a campanha pela prefeitura da Capital:

— Olha, (recebo) com tristeza, e deixa o cenário, que já estava abalado, mais abalado ainda. O cenário já estava tenso, (isso) deixa mais tenso e triste ainda — afirmou o candidato do PSDB.

O documento ainda diz que a coligação vai suspender temporariamente as atividades de campanha da chapa, inclusive "programa eleitoral gratuito de hoje à noite", "em solidariedade e respeito à família, aos amigos e ao PMDB".

Por meio de sua conta oficial no Facebook, Sebastião Melo comunicou que as atividades de campanha de sua coligação estão suspensas até terça-feira:

Confira a nota de Marchezan na íntegra:

O candidato Nelson Marchezan Júnior e a coligação "Porto Alegre Pra Frente" , lamentam, com profundo pesar, a morte trágica de Plínio Vargas Zalewski, um dos coordenadores da campanha de Sebastião Melo. 

Em solidariedade e respeito à família, amigos e ao PMDB, a coligação suspende temporariamente qualquer atividade de campanha eleitoral. A coligação não veiculará o próximo programa eleitoral gratuito de hoje à noite e pediu a não veiculação das inserções nas próximas 24 horas de rádio e televisão.

*Zero Hora

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.