Promessa

 Ministério Público de Contas pede que prefeitura de Triunfo seja proibida de nomear novos CCs

Argumento utilizado no pedido ao Tribunal de Contas do Estado é que criação de novos cargos ocorreu sem estudo do impacto financeiro

17/03/2017 - 16h24min | Atualizada em 17/03/2017 - 16h39min

O Ministério Público (MP) de Contas pediu ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta sexta-feira, para que proíba o município de Triunfo não realizar nomeações para os 63 cargos de comissão (CCs) aprovados no último dia 6 pela Câmara de Vereadores. Pede ainda que a prefeitura exonere os novos funcionários, caso já tenham ocorrido nomeações.

Um dos argumentos do MP de Contas para solicitar a medida é a suspeita de que a criação de novos CCs e também funções gratificadas (FGs) tenha ocorrido sem o devido estudo de impacto financeiro.

Leia mais
Prefeito e vice de Triunfo serão investigados pelo MP Eleitoral
Ex-candidato e prefeito firmaram contrato para troca de apoio por CCs na eleição em Triunfo
PF prende secretários e ex-prefeito de Triunfo

Os cargos foram aprovados em sessão da Câmara de Vereadores no dia 6, sob críticas da oposição e da população. Zero Hora solicitou à prefeitura há quatro dias a informação sobre o impacto financeiro da medida, mas não obteve retorno.

Esta semana, a Procuradoria Regional Eleitoral de Porto Alegre abriu investigação em relação ao prefeito, Valdair Gabriel Kuhn, o Belô (PSB), e ao vice-prefeito, Orison Donini Cezar Junior (PSDB), a partir de denúncia de que teriam feito promessa de CCs em troca de apoio para eleição.

O ex-candidato a vereador Jardel Barth depôs e entregou ao Ministério Público Federal um documento que teria sido assinado por Belô e Orison. No documento, constam as promessas de CCs e de comando de uma secretaria. O prefeito e o vice negam a negociação, alegando que o documento é falso.

Procurado por Zero Hora, o vice-prefeito de Triunfo disse que ¿o assunto vai ser analisado pela procuradoria do município¿.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.