Energia

Ministro saudita diz que queda nos preços do petróleo está chegando ao fim

Khalid al-Falih afirmou que o acordo preliminar da Opep do mês passado para cortar a produção apressará o reequilíbrio entre a oferta e a demanda da commodity

Por: Estadão Conteúdo
19/10/2016 - 08h02min

O ministro da Energia da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, afirmou que o período de recuo nos preços do petróleo está perto do fim, além de pedir novos investimentos para se evitar problemas na oferta no futuro. Durante uma conferência sobre a commodity em Londres, a principal autoridade do país no setor de petróleo disse que o acordo preliminar da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) do mês passado para cortar modestamente sua produção apressará o reequilíbrio que já caminha para ocorrer entre a oferta e a demanda.

— Nós estamos no fim de um período de fraqueza considerável — disse Falih a uma plateia que incluía altos executivos de petroleiras como a Exxon, a Royal Dutch Shell e a Total.

Leia mais
Arábia Saudita corta preços de petróleo vendido à Ásia e Europa
Raúl Castro desiste da Venezuela e pede petróleo parcelado à Rússia
Rússia se compromete a elevar produção de petróleo em 2016

Em seus cinco meses como ministro da Energia saudita, Falih tem tocado uma importante mudança na política do reino para o petróleo, abandonando as estratégias voltadas para sobreviver em uma era de preços muito baixos. O ministro tem, em vez disso, levado o reino de volta para a direção de seu papel tradicional de estabilizar os preços ao regular a produção da Opep, o cartel de 14 países que controla mais de um terço da produção mundial. 

Fonte: Dow Jones Newswires.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.