Mundo

Naufrágio em Mianmar deixa 14 mortos e dezenas de desaparecidos

Segundo autoridades locais, muitos eram estudantes que retornavam de um feriado budista

Por: AFP
17/10/2016 - 06h50min | Atualizada em 17/10/2016 - 06h50min
Naufrágio em Mianmar deixa 14 mortos e dezenas de desaparecidos STR / MYANMAR FIRE SERVICES DEPARTMENT / AFP/AFP
Foto: STR / MYANMAR FIRE SERVICES DEPARTMENT / AFP / AFP

O naufrágio de uma balsa em Mianmar neste domingo deixou ao menos 14 mortos e dezenas de desaparecidos. Segundo autoridades locais, muitos eram estudantes que retornavam para casa após um feriado budista.

— Até o momento encontramos 14 corpos — afirmou à AFP Sa Willy Frient, coordenador das operações de resgate.

No total, 154 pessoas foram resgatadas, mas as equipes de emergência temem que o número de mortos supere uma centena. Frient afirmou não saber o número de pessoas a bordo, mas calculou 250, quando o máximo permitido era de 150.

Leia mais:
Terremoto de 6,9 graus abala Papua-Nova Guiné, na Oceania
Mísseis são disparados contra navios de guerra dos Estados Unidos no Mar Vermelho
Trump afirma que campanha eleitoral dos Estados Unidos é manipulada por veículos "corruptos"

A balsa afundou no sábado no rio Chindwin, durante uma viagem entre Homalin e Monywa, centro do país. Entre os passageiros estavam estudantes e professores que retornavam para casa após o festival de Thadingyut, durante o qual os budistas acendem lanternas de papel e velas para homenagear Buda.

Quatro integrantes da tripulação foram detidos. As autoridades procuram outro integrante da equipe e o proprietário da embarcação.

Os naufrágios são frequentes em Mianmar. Muitas pessoas vivem ao longo da costa ou em residências fluviais e dependem de balsas em péssimo estado de conservação.

Ao menos 21 pessoas, incluindo nove crianças, morreram em abril no naufrágio de uma embarcação na costa do estado de Rakhin.

*AFP


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.