Sinai

Estado Islâmico reivindica autoria de atentado no Egito

Na segunda-feira, sete policiais e um pedestre morreram no ataque com caminhão-bomba contra um posto de controle

Por: AFP
10/01/2017 - 16h46min | Atualizada em 10/01/2017 - 16h46min

O braço egípcio do grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou, nesta terça-feira, o atentado em que morreram sete policiais e um pedestre na segunda-feira em Al Arish, cidade costeira do norte da península do Sinai.

"Soldados do califado lançaram um ataque com carros-bomba contra um posto de controle policial", segundo um comunicado da Província do Sinai, braço egípcio da organização extremista EI.

O Ministério do Interior egípcio havia informado na segunda-feira que os criminosos, enquanto disparavam granadas, tentaram dirigir o caminhão até o posto de controle, mas a polícia abriu fogo e a explosão se deu antes de atingir seu objetivo.

O ministério informou, ainda, que além dos sete policiais e do pedestre, cinco terroristas perderam a vida.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.