Relações exteriores

Trump quer construir "pontes de comércio" com o Canadá

Afirmação foi dada durante entrevista coletiva com o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, que visita os Estados Unidos nesta segunda-feira

Por: AFP
13/02/2017 - 18h13min | Atualizada em 13/02/2017 - 18h13min
Trump quer construir "pontes de comércio" com o Canadá SAUL LOEB/AFP
Foto: SAUL LOEB / AFP  

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu, nesta segunda-feira, um comércio de "reciprocidade" com o Canadá. Ele também falou em construir "pontes" comerciais na fronteira, aparentando deixar de lado sua agressiva retórica sobre o tema comercial.

Leia mais
Mexicanos convocam protestos em massa contra Trump 
Autoridades dos EUA prendem imigrantes sem documentos em seis estados
Trump afirma que respeitará a política de "uma só China"

— Os Estados Unidos são muito sortudos de terem um vizinho como o Canadá — disse Trump em coletiva de imprensa celebrada por ocasião da visita do primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, que ressaltou a oportunidade de "construir ainda mais pontes" de comércio.

— Achamos que nossos países são mais fortes quando juntamos nossas forças em matéria de comércio internacional — disse Trump.

O premiê Justin Trudeau afirmou que seu governo manterá a vigilância em sua política de aceitar refugiados, inclusive aqueles que o governo americano quer vetar.

— Continuaremos com a nossa política de abertura a imigrantes e refugiados sem comprometer nossa segurança — disse Trudeau.

Já Trump defendeu sua política migratória "dura" mas de "senso comum", prometendo mantê-la, apesar da decisão da corte de apelações sobre o bloqueio ao seu decreto que proíbe a entrada no país de cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

— É uma política de senso comum, talvez de certa dureza (...) e vamos mantê-la com vigor — disse Trump na coletiva.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.