Atentado 

Estado Islâmico reivindica autoria de ataque em Paris 

Um dos agentes que patrulhava a Champs-Élysées foi morto e outro ficou ferido durante o tiroteio  

Por: AFP
20/04/2017 - 19h04min | Atualizada em 21/04/2017 - 11h13min

O grupo extremistaEstado Islâmicoreivindicou a autoria dotiroteio que matou um policial e deixou outro ferido na noite desta quinta-feira, na avenida Champs Elysées, em Paris, em um comunicado publicado por sua agência de propaganda, Amaq.

O autor dos tiros foi "abatido em resposta" aos disparos. Segundo uma fonte policial, "o agressor chegou em um veículo e abriu fogo contra uma patrulha policial com uma arma automática".

– O autor do ataque na Champs Elysées, no centro de Paris, é Abu Yussef, o Belga, um dos combatentes do Estado Islâmico –, reportou a Amaq.

Leia mais
Tiroteio na Champs-Elysées, em Paris, deixa um policial morto e outro ferido
Luiz Antônio Araujo: A eleição na França e o futuro da Europa
Dupla é presa por suspeita de planejar atentado terrorista na França

O tiroteio ocorreu dois dias depois de a polícia deter dois homens em Marselha, suspeitos de preparar um ataque "iminente" dias antes do primeiro turno das eleições, que ocorrerá no domingo.

A França se encontra em estado de emergência desde uma série de atentados extremistas, iniciada em 2015 e que causou a morte de mais de 230 pessoas.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.