Reino Unido

Parlamento britânico aprova antecipação das eleições para junho

Primeira-ministra Theresa May pretende reforçar a posição do governo antes de iniciar as negociações do Brexit com a União Europeia 

Por: AFP
19/04/2017 - 11h37min | Atualizada em 19/04/2017 - 18h10min
Parlamento britânico aprova antecipação das eleições para junho AFP PHOTO/PRU
Antecipação das eleições foi aprovada por 522 parlamentares, bem acima do mínimo necessário Foto: AFP PHOTO / PRU  

O Reino Unido fará as eleições legislativas em 8 de junho, depois que o Parlamento britânico aprovou, nesta quarta-feira, a antecipação solicitada pela primeira-ministra Theresa May. A premiê pretende reforçar a posição do governo para as negociações de "divórcio" com a União Europeia (UE).

May precisava do apoio de pelo menos dois terços dos 650 deputados e conseguiu superar a meta com folga: 522 aprovaram a antecipação das eleições, originalmente previstas para 2020. Apenas 13 votaram contra a proposta.

Leia mais
Negociação do Brexit iniciará após eleições no Reino Unido, diz porta-voz da UE
Eurocâmara discute regras para as negociações do Brexit
Escócia formaliza pedido para referendo de independência

A campanha será curta, já que faltam apenas sete semanas para a votação. Os eleitores retornarão às urnas após três eleições muito importantes em menos de três anos: o referendo de independência da Escócia de setembro de 2014, as eleições gerais de maio de 2015 e o referendo sobre a UE de junho de 2016.

— Pedirei aos britânicos um mandato para completar o Brexit e fazer dele um sucesso — disse May no Parlamento.

Antecipação das eleições foi proposta pela primeira-ministra Theresa May (foto) Foto: AFP PHOTO / PRU

A saída da União Europeia "não tem volta atrás", advertiu a primeira-ministra, que justificou o pedido para antecipar as eleições com a afirmação de que os inimigos do Brexit "tentam frustrar o processo".

A oposição concentrou suas críticas na mudança de opinião de May, que até semana passada negara de modo reiterado a possibilidade de antecipar as eleições, que, para ela, provocariam instabilidade. May afirma que não participará de debates durante a campanha.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.