Moscou

Kremlin adverte contra novas sanções dos EUA

Por: AFP
24/07/2017 - 08h59min

As novas sanções contra a Rússia que devem ser votadas na terça-feira pelo Congresso americano são "contraprodutivas" e "prejudicam" tanto Moscou quanto Washington - declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, nesta segunda (24).

A política de sanções é "contraprodutiva e prejudica os interesses dos nossos dois países, assim como os de outros países, com os quais a Rússia mantém e desenvolve suas relações bilaterais", disse Peskov à imprensa.

"Nossa atitude em relação às sanções continua sendo extremamente negativa, sobretudo, quando se trata de novas iniciativas do Congresso", completou.

Durante o fim de semana, o Congresso chegou a um acordo de princípio sobre a adoção de novas sanções contra a Rússia e, aparentemente, a Casa Branca estaria disposta a apoiar esse projeto.

A Câmara de Representantes deve votar amanhã uma lei que pune a Rússia pela suspeita de ingerência nas eleições americanas de 2016 e pela anexação da Crimeia.

As sanções contra a Rússia foram denunciadas pela Alemanha, que acusa os Estados Unidos de quererem favorecer suas empresas, ao punir os grandes grupos europeus envolvidos no projeto de gasoduto russo Nord Stream 2.

* AFP

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.