Texas

Oito mortos são encontrados dentro de caminhão nos Estados Unidos

No veículo, também havia 28 feridos, conforme autoridades locais

Por: AFP
23/07/2017 - 09h23min | Atualizada em 23/07/2017 - 11h35min

Oito mortos e 28 feridos, possivelmente imigrantes, foram encontrados neste domingo (23) dentro de um caminhão estacionado em um centro comercial de San Antonio, no Texas, Estados Unidos. Autoridades locais confirmaram as informações.

Os feridos — 20 em estado grave — foram levados a sete hospitais da região, perto da fronteira com o México, informou o chefe de polícia de San Antonio, William McManus, e o responsável pelo Corpo de Bombeiros, Charles Hood. Segundo McManus, o motorista do caminhão foi preso. 

Leia mais:
Ator John Heard, de "Esqueceram de Mim", morre aos 72 anos
"Já vi os Estados Unidos e são irrelevantes", diz presidente das Filipinas 
Quase um terço da população dos EUA tem diabetes ou pré-diabetes

O alerta foi dado por um funcionário de um supermercado do Walmart que fica em frente ao local onde o veículo estava estacionado. Uma das pessoas no caminhão teria pedido água a esse homem.

Os agentes encontraram os oito mortos na parte traseira do veículo, disse o delegado, que definiu o episódio como "tragédia terrível". A polícia investiga se o caso se trata de crime de tráfico de pessoas.

San Antonio fica a poucas horas de carro da fronteira com o México. O tempo na região está seco e quente. Migrantes, principalmente provenientes do país vizinho e da América Central, cruzam clandestinamente a fronteira americana todos os dias.

No trajeto, são levados por traficantes de pessoas conhecidos como coiotes, que não raramente abandonam os grupos para tentar escapar das autoridades. Muitos migrantes têm sido encontrados abandonados e mortos no norte do México em caminhões abandonados.

— Isso ocorre com frequência durante a noite — disse McManus.

Leia as últimas notícias de Mundo

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.