Cavalo maltratado e tirado das ruas da Capital é batizado de Jabulani

O animal, recolhido pela EPTC, foi medicado e já apresenta sinais de melhora

24/06/2010 - 15h21min
Cavalo maltratado e tirado das ruas da Capital é batizado de Jabulani Ronaldo Bernardi/
No abrigo, Jabulani já consegue se alimentar e levantar Foto: Ronaldo Bernardi  
O cavalo que tombou, muito machucado, na tarde de quarta-feira na Capital, pois não tinha mais condições físicas de se levantar já "é outro animal", segundo a médica veterinária Rocheli Oliveira. Ela atendeu e cuidou do cavalo, que chegou ao abrigo da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) com sinais de desnutrição, desidratação, dores musculares e articulares e vítima de ferimentos cruéis, infligidos pelo antigo dono, um carroceiro que fugiu quando o cavalo começou a agonizar.

No abrigo, a equipe batizou o cavalo de Jabulani, uma referência à bola do Mundial.

— A bola é muito judiada, muito batida, então a gente colocou esse nome nele — explica o encarregado pelo recolhimento e guarda dos animais, Carlos Augusto Machado.

O abrigo da EPTC recebe, trata e recupera os animais encontrados nas ruas da Capital. Atualmente, mais de 90 animais de grande porte são atendidos no local, que funciona no bairro Belém Novo.











Nesta quinta-feira, Jabulani conseguiu se alimentar e levantar sozinho graças aos cuidados da equipe do abrigo. A veterinária conta que, além dos machucados causados pelas encilhas, Jabulani apresentava dois ferimentos profundos causados por um objeto cortante:

— É crueldade mesmo.

Felizmente, para Jabulani, o prognóstico da veterinária é bastante positivo:

— Acredito que ele vai se reabilitar. Hoje ele é outro animal — comemora Rocheli.

Notícias Relacionadas

23/06/2010 | 14h45

Machucado, cavalo tomba e agoniza em rua de Porto Alegre

Carroceiro fugiu quando o animal caiu na via

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.