Vândalos colocam sabão em pó em lago de praça da Capital

Funcionários do Hospital Moinhos de Vento e Smam trabalham para salvar carpas e tartarugas

08/07/2011 - 12h53min | Atualizada em 08/07/2011 - 18h38min
Vândalos colocam sabão em pó em lago de praça da Capital Thiago Tieze, Agência RBS/
Lago da Praça Júlio de Castilhos amanheceu coberto de espuma de sabão Foto: Thiago Tieze, Agência RBS  

Vândalos colocaram sabão em pó no lago da praça Júlio de Castilhos, na Capital, na madrugada desta sexta-feira. 

Moradores da região, que se assustaram ao se deparar com o lago poluído, acionaram a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), que constatou tratar-se de espuma de sabão. No lago vivem carpas e uma tartaruga.

O arquiteto Mauro Lunardi, que mora próximo à praça, foi um dos que se surpreendeu com o ato de vandalismo.

— Não conheço praça mais bem cuidada que essa, por esta razão dá ainda mais tristeza de ver o local assim. É um desrespeito — afirma Lunardi, que todos os dias leva a cadela de estimação passear na praça.  

A equipe de manutenção da praça e funcionários do Hospital Moinhos de Vento, que adotou a praça, realizaram na tarde desta sexta-feira um procedimento de emergência para salvar os animais. A tartaruga foi removida para o Parque Moinhos de Vento.

Segundo a Smam, o ralo de escape da água foi bloqueado para encher o chafariz e fazer com que ele transborde, para que a espuma seja removida.

Após o procedimento, parte da água do lago será trocada.

— É esse tipo de atitude que nossa cidade não comporta mais. É preciso que as pessoas se conscientizem de que Porto Alegre precisa do cuidado de todos — lamentou o  secretário do Meio Ambiente, Luiz Fernando Záchia.

O lago fica situado na Praça Júlio de Castilhos, na Av. Independência com a Rua Ramiro Barcelos.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.