Colisão com duas mortes

Amigos das vítimas do acidente na Estrada do Mar fazem protesto

Pessoas clamaram por Justiça neste sábado em Tramandaí

07/01/2012 | 13h25
Amigos das vítimas do acidente na Estrada do Mar fazem protesto Ricardo Duarte/Zero Hora
Manifestantes se reuniram em frente ao restaurante da família de Paulo Afonso Corrêa Júnior Foto: Ricardo Duarte / Zero Hora

Os amigos e familiares das duas vítimas que morreram no acidente do dia 1° de janeiro na Estrada do Mar se reuniram por volta do meio-dia deste sábado para um protesto em frente ao restaurante da família de Paulo Afonso Corrêa Júnior. Dezenas de pessoas clamavam por Justiça e bateram palmas durante quase dois minutos, causando um mal-estar aos clientes do estabelecimento, em Tramandaí.

A Brigada Militar bloqueou a Rua David Canabarro e monitorou a situação. O protesto iniciou com uma caminhada de menos de 50 metros em direção ao restaurante. Um dos manifestantes chamou a atenção. A produtora Josiane Valentim, 25 anos, amiga de Alaíde, levou a filha Ísis, de 11 meses, em um bebê conforto para sinalizar o drama das famílias dos dois. Ela contou que estava na Estrada do Mar no dia do acidente com os avós, que viu a via bloqueada, passou pelo veículo acidentado, mas não se deu conta de que era a amiga.

— Vim com a minha filha para mostrar o mal que esses dois causara. Uma criança de sete anos ficou órfã e outra da mesma idade espera a mãe se recuperar no hospital — diz Josiane.

Ela se refere à Karine Bueiro Flores, que segue em estado grave no Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa.

A mãe de Alaíde da Silva Linck, 28 anos, Maria Regina da Silva, 57 anos,e os filhos de Ivo Ferrazzo, 63 anos, Tatiane, 35 anos, e Rafael, 31 anos disseram que os advogados de ambos lutarão para levar Tatieli da Silva Costa e Paulo Afonso à júri popular.

Um amigo de Alaíde, Rodrigo Braz, 31 anos, foi quem idealizou o protesto por meio das redes sociais. Ele questionou a conduta da advogada de Tatieli e Paulo Afonso, Kelly Menezes, a respeito da Carteira Nacional de Habilitação (CNH):

— Se é como a doutora diz, que poderia dirigir sem carteira, que acabem com os CFCs e com a CNH.

A reportagem tentou contato com a advogada de Tatieli e Paulo Afonso, mas o celular estava desligado. Nenhum familiar de Paulo Afonso apareceu. Os dois estariam abrigados na casa de amigos.

Notícias Relacionadas

Decisão mais próxima 02/01/2012 | 17h21

Promotora pedirá prisão preventiva de envolvidos em acidente na Estrada do Mar

Documento deverá ser entregue à Justiça ainda nesta segunda-feira

Intervenção médica 02/01/2012 | 17h14

Vítima de acidente na Estrada do Mar passará por cirurgia

Outros dois feridos ainda permanecem no hospital, sob vigília

Mortes na Estrada do Mar 02/01/2012 | 16h03

Testemunhas de acidente devem ser ouvidas o quanto antes, diz delegado

Motorista e passageiros presos em flagrante permanecem em hospital de Capão da Canoa

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.