[Alt-Text]

Colisão com duas mortes

Amigos das vítimas do acidente na Estrada do Mar fazem protesto

Pessoas clamaram por Justiça neste sábado em Tramandaí

07/01/2012 | 13h25
Amigos das vítimas do acidente na Estrada do Mar fazem protesto Ricardo Duarte/Zero Hora
Manifestantes se reuniram em frente ao restaurante da família de Paulo Afonso Corrêa Júnior Foto: Ricardo Duarte / Zero Hora

Os amigos e familiares das duas vítimas que morreram no acidente do dia 1° de janeiro na Estrada do Mar se reuniram por volta do meio-dia deste sábado para um protesto em frente ao restaurante da família de Paulo Afonso Corrêa Júnior. Dezenas de pessoas clamavam por Justiça e bateram palmas durante quase dois minutos, causando um mal-estar aos clientes do estabelecimento, em Tramandaí.

A Brigada Militar bloqueou a Rua David Canabarro e monitorou a situação. O protesto iniciou com uma caminhada de menos de 50 metros em direção ao restaurante. Um dos manifestantes chamou a atenção. A produtora Josiane Valentim, 25 anos, amiga de Alaíde, levou a filha Ísis, de 11 meses, em um bebê conforto para sinalizar o drama das famílias dos dois. Ela contou que estava na Estrada do Mar no dia do acidente com os avós, que viu a via bloqueada, passou pelo veículo acidentado, mas não se deu conta de que era a amiga.

— Vim com a minha filha para mostrar o mal que esses dois causara. Uma criança de sete anos ficou órfã e outra da mesma idade espera a mãe se recuperar no hospital — diz Josiane.

Ela se refere à Karine Bueiro Flores, que segue em estado grave no Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa.

A mãe de Alaíde da Silva Linck, 28 anos, Maria Regina da Silva, 57 anos,e os filhos de Ivo Ferrazzo, 63 anos, Tatiane, 35 anos, e Rafael, 31 anos disseram que os advogados de ambos lutarão para levar Tatieli da Silva Costa e Paulo Afonso à júri popular.

Um amigo de Alaíde, Rodrigo Braz, 31 anos, foi quem idealizou o protesto por meio das redes sociais. Ele questionou a conduta da advogada de Tatieli e Paulo Afonso, Kelly Menezes, a respeito da Carteira Nacional de Habilitação (CNH):

— Se é como a doutora diz, que poderia dirigir sem carteira, que acabem com os CFCs e com a CNH.

A reportagem tentou contato com a advogada de Tatieli e Paulo Afonso, mas o celular estava desligado. Nenhum familiar de Paulo Afonso apareceu. Os dois estariam abrigados na casa de amigos.

Notícias Relacionadas

Decisão mais próxima 02/01/2012 | 17h21

Promotora pedirá prisão preventiva de envolvidos em acidente na Estrada do Mar

Documento deverá ser entregue à Justiça ainda nesta segunda-feira

Intervenção médica 02/01/2012 | 17h14

Vítima de acidente na Estrada do Mar passará por cirurgia

Outros dois feridos ainda permanecem no hospital, sob vigília

Mortes na Estrada do Mar 02/01/2012 | 16h03

Testemunhas de acidente devem ser ouvidas o quanto antes, diz delegado

Motorista e passageiros presos em flagrante permanecem em hospital de Capão da Canoa

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.