Crise diplomática

Amigo de dissidente chinês confirma que ele está na embaixada americana

Abrigo para ativista cego Chen Guangcheng abre crise diplomática entre China e EUA

30/04/2012 | 09h39
Amigo de dissidente chinês confirma que ele está na embaixada americana Goh Chai Hin/AFP
Guardas paramilitares chineses em marcha nesta segunda-feira em frente à embaixada americana Foto: Goh Chai Hin / AFP
O ativista dos direitos humanos Chen Guangcheng, que fugiu de casa, onde estava em prisão domiciliar, está na embaixada dos Estados Unidos em Pequim, confirmou nesta segunda-feira o dissidente Hu Jia. O incidente provoca uma crise diplomática com os EUA, que enviou um diplomata à Pequim para discutir o destino de Guangcheng.

— Ele está na embaixada — afirmou à AFP Hu Jia, que se reuniu com o amigo após a fuga de sua residência extremamente vigiada na região leste da China, em circunstâncias ainda não determinadas.

Hu Jia confirma assim os insistentes rumores de que o advogado autodidata cego está sob proteção americana, boatos que contam com um incômodo silêncio tanto de Pequim como de Washington.

Hu foi detido no sábado pela polícia, depois da divulgação na internet de uma foto em que aparece ao lado de Chen, mas foi liberado no domingo.

Hu Jia contou sobre o interrogatório a que foi submetido pela polícia:

— Estão muito preocupados com a situação de Chen Guangcheng. Queriam saber tudo sobre como conseguiu escapar e quem o levou a Pequim. Perguntaram quando havia encontrado o embaixador (americano) Gary Locke. Isto deixa claro que ele se reuniu com o embaixador dos Estados Unidos.

Chen Guangcheng, que denuncia os abusos da política do filho único na China e das expropriações, fugiu de sua residência, em Shandong, onde estava sob prisão domiciliar há 19 meses, e divulgou na sexta-feira na internet um vídeo destinado ao primeiro-ministro Wen Jiabao sobre os abusos que sofreu recentemente.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.