Data marcada

CPI do Cachoeira será criada nesta quinta-feira

Requerimento foi assinado por mais de 400 parlamentares

Atualizada em 18/04/2012 | 22h2118/04/2012 | 16h18
Será criada nesta quinta-feira, às 10h30min, a comissão parlamentar mista de inquérito que vai investigar a relação de políticos, agentes públicos e privados com o empresário de jogos de azar, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A informação é da vice-presidente do Congresso Nacional, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), que  fará a leitura do requerimento de criação.

Segundo a deputada, a leitura no dia de amanhã atende à solicitação dos líderes partidários. Com a licença médica de 15 dias do presidente do Senado, José Sarney, caberá a Rose de Freitas convocar a sessão conjunta do Congresso para o procedimento de criação da CPI.

Após a entrega do requerimento assinado por mais de 400 parlamentares, entre senadores e deputados, hoje, técnicos das duas casas estão fazendo a conferência dos nomes. Depois da criação da CPI, os partidos vão indicar os nomes dos seus representantes na comissão. Após a indicação dos representantes de cada partido, a CPI será, então, instalada.

Investigações da PF, por meio das operações Vegas e Monte Carlo sobre jogos de azar, indicam o envolvimento de agentes públicos e privados com o empresário. Há suspeitas de que empresários e políticos receberam dinheiro de Cachoeira para promover tráfico de influência a fim de, entre outras ações, aprovar propostas, no Congresso, que beneficiasse o setor.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.