Crime cruel

Mulher é presa acusada de torturar companheira imitando o filme Jogos Mortais

Luciana da Silva Silveira estava com prisão preventiva decretada pela morte de Daiane dos Reis Pereira

04/05/2012 | 17h43
Mulher é presa acusada de torturar companheira imitando o filme Jogos Mortais Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
A investigação apurou que Luciana e a vítima eram aficionadas pela série americana Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Luciana da Silva Silveira, 35 anos, foi capturada na manhã de sexta na Rua Boa Vista, Bairro Mathias Velho, em Canoas. Ela estava com prisão preventiva decretada pela morte de Daiane dos Reis Pereira, 24 anos, sua companheira. O crime ocorreu no dia 4 de março do ano passado. A vítima foi submetida a torturas ao estilo do filme Jogos Mortais (Saw). A investigação apurou que as duas eram aficionadas pela série americana, sucesso dos cinemas na década passada.

Conforme o delegado Maurício Barison Barcellos, Luciana já havia ficado presa por cerca de dois meses, mas conseguiu a liberdade. A promotoria criminal de Alvorada recorreu da sentença, obteve parecer favorável e, na semana passada, a Justiça decretou a prisão preventiva de Luciana. Ela foi levada ao Madre Pelletier.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.