Seca no Norte

Vacaria inicia racionamento de água a partir de 27 de maio

Diariamente, moradores ficarão sem abastecimento por 16 horas

27/05/2012 | 17h56

A seca levou mais um município gaúcho a adotar racionamento. A medida por tempo indeterminado inicia às 18h deste domingo em Vacaria, no norte do Estado. Diariamente, serão 16 horas sem água nas torneiras dos 61,3 mil habitantes. Mas o horário, das 18h às 10h do dia seguinte, poderá mudar por sugestão dos moradores.

O prefeito Elói Poltronieri (PT) explica que a população pediu para iniciar mais tarde o racionamento porque a maioria costuma retornar do trabalho por volta das 18h e precisa ter água em casa. A possível alteração, segundo ele, será avaliada por técnicos da Corsan em reunião prevista para quarta-feira.

Poltronieri observa que a barragem da Corsan está 5,5 metros abaixo do nível normal, mas revela que a companhia pretende concluir em até 15 dias a obra de transposição de um riacho para a área de captação, localizada a 3 km de distância. O investimento, segundo o prefeito, é de aproximadamente R$ 1 milhão.

— Não vai resolver o problema, mas aliado ao racionamento, a esperança é que amenize a dificuldade e nos permita preveni-la no futuro — ressalta o gestor.

Ele salienta que a última chuva significativa no município foi no carnaval, há três meses. Poltronieri também ressalta que a previsão escassa de precipitações até meados de junho é outra preocupação. Por isso, a prefeitura promove uma campanha de conscientização na cidade. O objetivo é estimular o uso racional da água e evitar o desperdício em ações como lavar calçadas ou veículos, por exemplo.

— A ajuda da população é crucial para que não seja preciso ampliar o racionamento — destaca.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.