Em alerta

RS tem mais duas mortes por Gripe A e já soma cinco óbitos em 2012

Centro Estadual de Vigilância em Saúde confirma 26 casos da doença neste ano

Atualizada em 20/06/2012 | 20h4320/06/2012 | 20h03

Mais duas pessoas morreram vítimas de Gripe A neste ano no Rio Grande do Sul. A informação foi confirmada pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), da Secretaria Estadual da Saúde (SES) nesta quarta-feira. Com estes, sobe para cinco o número de óbitos pela doença.

Um dos casos se refere a uma mulher de 44 anos, moradora de Guarani das Missões, na Região das Missões, e o outro, a uma jovem de 18 anos, no município de Maquiné, no Litoral Norte. Ao todo, 26 casos foram contabilizados.

No início desta semana, foi confirmada a morte de um homem de 42 anos, morador do município de Condor, no Noroeste. A vítima estava hospitalizada em Ijuí.

Na semana passada foram confirmadas as duas primeiras mortes. A primeira foi uma mulher de 34 anos de São Miguel das Missões e a segunda, um homem de 25 anos, morador de Boa Vista do Cadeado, que estava hospitalizado em Cruz Alta.

As principais ações de enfrentamento à doença são a manutenção de medidas preventivas e o tratamento com antiviral Oseltamivir (Tamiflu), disponível na rede publica de saúde de todo o Estado para casos suspeitos de influenza internados ou ambulatoriais, de acordo com orientação médica.

A SES orienta aos municípios que ainda não atingiram a meta de 80% que mantenham a vacinação dos grupos prioritários, mesmo que a campanha tenha sido encerrada oficialmente na última quarta-feira.

Até as 17h30min desta quarta-feira, o Sistema do Programa Nacional de Imunizações (PNI) apresentava um total de 1.537.540 pessoas vacinadas, integrantes dos grupos prioritários, o que representa 80,14% de cobertura, atingindo a meta preconizada pelo Ministério da Saúde.


Em mapa, veja as cidades que registraram óbitos em decorrência da gripe A desde 2009

Medidas de prevenção:

- Higienizar as mãos com frequência;

- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

- Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

- Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;

- Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;

- Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;

- Ventilar os ambientes.



 

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.