Após investigação

Detran vai interditar depósito onde ocorrem furtos de peças de veículos em Porto Alegre

Reportagem de ZH é resultado de 252 horas de vigilância sobre o local, alvo de reclamações de leitores

19/08/2012 | 18h15
Detran vai interditar depósito onde ocorrem furtos de peças de veículos em Porto Alegre Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Homem remove cilindros de GNV do veículo Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS
O Departamento Estadual de Trânsito vai realizar uma inspeção minuciosa no Centro de Remoção de Veículos SOS Esteio, um dos quatro depósitos credenciados pelo poder público para recolher automóveis apreendidos em Porto Alegre. A medida será tomada em decorrência de reportagem veiculada neste domingo em Zero Hora, mostrando carro e caminhão sendo depenados dentro do SOS Esteio, que fica na Avenida das Indústrias, zona norte da Capital.

Para realizar a inspeção nos 1.641 automóveis ali depositados, o Detran vai suspender, de forma temporária e cautelar, o funcionamento do SOS Esteio. O Detran pretende, em decorrência disso, credenciar outros dois depósitos para que atuem na Capital.

Blog do Editor: 252 horas em cima de um telhado para flagrar um absurdo

Os furtos documentados por ZH também são objeto de um inquérito policial instaurado pela Delegacia de Roubo de Veículos, da Polícia Civil. Os funcionários do SOS Esteio surpreendidos furtando podem responder por peculato, que é apropriação ilícita de bens por parte de funcionários públicos. Mesmo não sendo servidores de carreira do Estado, eles atuam em função pública, explica a delegada Vivian Nascimento, que investiga o caso.

Mais de 73 mil veículos estão hoje recolhidos em depósitos oficiais do Estado. Desse total, cerca de 32 mil possuem restrição policial e/ou judicial — não podem, por enquanto, ser devolvidos aos seus donos.

Em vídeo, vítimas deparam com fotos do furto no pátio do Detran:

Notícias Relacionadas

Depenados 19/08/2012 | 05h02

ZH flagra o furto de peças de veículos apreendidos em depósito credenciado pelo Detran

Reportagem é resultado de 252 horas de vigilância sobre o local, alvo de reclamações de leitores

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.