Tragédia familiar

Pai mata filho após discussão em Tramandaí, no Litoral Norte

Em choque, mãe ainda não tem condições de testemunhar sobre o crime

19/08/2012 | 12h16

Uma discussão familiar terminou em tragédia quando um homem matou o filho com oito facadas no final da noite deste sábado, em Tramandaí, no Litoral Norte. Carlos Antônio Guski, 42 anos, foi preso em flagrante. O filho, Israel Pereira Guski, 18 anos, morreu no local.

A briga começou dentro de casa, na rua Acelino Aguiar, no bairro Agual, e terminou no pátio. Segundo a polícia, os dois teriam discutido. As causas serão apuradas ao longo da semana com o depoimento da mãe da vítima, que está em estado de choque.

De acordo com o delegado João Batista Goulart de Souza, o responsável pelo crime estava alcoolizado e ficou em silêncio ao ser interrogado pela polícia.

Carlos Antônio Guski deve ser submetido a exame de lesões antes de ser levado ao presídio de Osório, ainda neste domingo.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.