A hora da decisão

Voto de Ayres Britto encerra a análise do primeiro de sete itens do mensalão

Do ponto de vista numérico, as condenações e absolvições dos envolvidos já estão definidas

30/08/2012 | 01h25
Voto de Ayres Britto encerra a análise do primeiro de sete itens do mensalão Carlos Humberto/Divulgação
Voto de Ayres Britto (D) marca início de nova etapa do julgamento do mensalão Foto: Carlos Humberto / Divulgação

O primeiro item do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) deverá ser concluído na sessão da tarde desta quinta-feira, a partir das 14 horas.

Do ponto de vista numérico, as condenações ao publicitário Marcos Valério e aos sócios Cristiano Paz e Ramon Hollerbach, ao deputado João Paulo Cunha (PT-SP) e ao ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizolatto estão definidas. A absolvição de Luiz Gushiken também já foi decidida. Mas a etapa será concluída apenas depois do voto do presidente do Supremo, Carlos Ayres Britto.

Terminado o voto de Ayres Britto, o relator, Joaquim Barbosa, deverá partir para um dos itens seguintes, que pode ser o quarto (que trata de lavagem de dinheiro) ou o quinto, que analisa gestão fraudulenta de instituição financeira. Depois do voto do relator, a ordem do primeiro item votado se repete, com a apreciação do revisor, Ricardo Lewandowski, seguido de Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli e assim por diante – à exceção de Cezar Peluso, que votou ontem e se aposenta compulsoriamente no dia 3.

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.