Imigração em debate

Tema da Redação do Enem é um dos mais exigentes dos últimos anos, avalia professora

Atração de imigrantes para o Brasil foi o assunto apresentado aos participantes

04/11/2012 - 15h32min

Conforme a professora de Redação do Grupo Unificado Luísa Canella, o tema escolhido como base das dissertações dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano — Movimento imigratório para o Brasil no século XXI — é um dos mais exigentes dos últimos anos.

Em uma avaliação preliminar da professora, o fato de o assunto não ser tão presente no universo dos participantes mais jovens aumenta a importância dos textos de apoio, que acompanham o enunciado, como fonte de subsídios para a elaboração dos textos.

— Em uma primeira impressão, não é um tema muito próximo da realidade de quem tem 17, 18 anos. Sabemos que há pessoas de outros países da América e do Haiti, por exemplo, vindo para o país. Mas acho que os participantes precisariam do auxílio dos textos de apoio para ter ideias sobre esse assunto, mais do que em anos anteriores — analisa Luísa.

Em edições recentes do Enem, conforme a professora de Redação, os assuntos propostos eram mais "autoexplicativos", como a importância do trabalho para a dignidade humana (2010) e os limites entre o público e o privado no século 21 (ano passado).

Também chamou a atenção da especialista o fato de que a redação do Enem solicita ao candidato que apresente uma solução para um problema ligado ao assunto. No caso da imigração, a definição dos problemas a serem resolvidos também não é tão clara como em anos anteriores — o que deve favorecer os participantes melhor informados a respeito do tema.

 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.