Tragédia em Santa Maria

"Uns cinco ou seis caras derrubaram o segurança e colocaram a porta abaixo", relata jovem que estava em boate

Estudante de Medicina foi um dos primeiros a sair do lugar e ajudou a socorrer vítimas

27/01/2013 | 13h12
"Uns cinco ou seis caras derrubaram o segurança e colocaram a porta abaixo", relata jovem que estava em boate  Ronald Mendes/Agencia RBS
Familiares e amigos das vitimas do incêndio na Boate Kiss buscavam informações no Centro Desportivo Municipal de Santa Maria Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS
Um dos primeiros a sair da boate Kiss, em Santa Maria, quando o incêndio que deixou 233 mortos começou, o estudante de Medicina Murilo De Toledo Tiecher, 26 anos, relata que, por não enxergarem a pista de dança, os seguranças não entenderam o que estava acontecendo e tentaram barrar a saída dos jovens que estavam na festa.

Ao correr para a saída, Murilo ficou prensado contra uma barra de ferro que servia para organizar a fila na entrada. Ao conseguir pular, deparou com a porta da saída fechada.

— A gente gritou 'tá pegando fogo, tá pegando fogo', mas o segurança abriu os braços e estava tentando manter a porta fechada. Uns cinco ou seis caras derrubaram o segurança e colocaram a porta abaixo. Era a única saída.

Murilo conta que o incêndio começou quando foi aceso um tipo de sinalizador no palco e as chamas alcançaram o teto. Ele relata que estava a 10 metros do palco e que o fogo se espalhou muito rápido, em cerca de três minutos. Quando conseguiu sair, foi um dos primeiros a ligar para o Corpo de Bombeiros.

— Os primeiros a sair tentavam puxar quem estava lá dentro. Apareciam mãos, braços na porta entre a cortina de fumaça. Puxamos várias pessoas. Eu, inclusive, puxei uma guria pelos cabelos. Foi um caos, o maior desespero.

Quando os bombeiros chegaram, quem já havia saído tentava dar direções de onde as pessoas estavam aglomeradas. O estudante conta que pessoas que não conheciam o local entraram nos banheiros pensando que eram saídas de emergência.

Murilo avisou um bombeiro em que local estava o filho da diretora do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), Elaine Resener, o estudante de Medicina Luiz Arthur Resener de Moraes, 25 anos. Luiz foi um dos primeiros a ser socorridos e está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do HUSM.

Veja também

Confira imagens do local onde aconteceu a tragédia
Confira a lista de feridos em incêndio em boate em Santa Maria
Tragédia em Santa Maria cancela rodada do Gauchão


A tragédia

O incêndio na boate Kiss, no centro de Santa Maria, começou entre 2h e 3h da madrugada de domingo, quando a banda Gurizada Fandangueira, uma das atrações da noite, teria usado efeitos pirotécnicos durante a apresentação. O fogo teria iniciado na espuma do isolamento acústico, no teto da casa noturna.

Sem conseguir sair do estabelcimento, mais de 200 jovens morreram e outros 100 ficaram feridos. Sobreviventes dizem que seguranças pediram comanda para liberar a saída, e portas teriam sido bloqueadas por alguns minutos por funcionários.

 A tragédia, que teve repercussão internacional, é considera a maior da história do Rio Grande do Sul e o maior número de mortos nos útimos 50 anos no Brasil.

Veja onde aconteceu

 
Imagem: Arte ZH

A boate

Localizada na Rua Andradas, no centro da cidade da Região Central, a boate Kiss costumava sediar festas e shows para o público universitário da região. A casa noturna é distribuída em três ambientes - além da área principal, onde ficava o palco, tinha uma pista de dança e uma área vip. De acordo com o comando da Brigada Militar, a danceteria estava com o plano de prevenção de incêndios vencido desde agosto de 2012. 

Clique na imagem abaixo para ver a boate antes e depois do incêndio

A festa

Chamada de "Agromerados", a festa voltada para estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) começou às 23h de sábado. O evento era de acadêmicos dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Tecnologia de Alimentos, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio e Pedagogia. Segundo informações do site da casa noturna, os ingressos custavam R$ 15 e as atrações eram as bandas "Gurizadas Fandangueira", "Pimenta e seus Comparsas", além dos DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim.




Acompanhe as últimas informações

Notícias Relacionadas

Na rede 27/01/2013 | 10h24

Incêndio em boate de Santa Maria aparece entre tópicos mais comentados no Twitter

Autoridades utilizaram o microblog para se manifestar, enquanto perfil da Boate Kiss no Facebook tem mensagens de apoio às famílias das vítimas

A maior das tragédias 27/01/2013 | 10h10

Rosane de Oliveira, sobre incêndio em boate de Santa Maria: "Um pesadelo"

Quem tem filhos adolescentes não dorme um sono tranquilo enquanto não chegam das festas

Tragédia no centro do Estado 27/01/2013 | 09h36

Hospitais confirmam identificação de seis mortos em incêndio em boate de Santa Maria

Fogo começou por volta das 2h deste domingo na boate Kiss, no centro da cidade

Tragédia no centro do Estado 27/01/2013 | 09h27

Confira a lista de feridos em incêndio em boate em Santa Maria

Fogo começou por volta das 2h deste domingo na boate Kiss, no centro da cidade

Incêndio em Santa Maria 27/01/2013 | 08h51

Escombros dificultam trabalhos de resgate no interior da boate Kiss

Conforme o Corpo de Bombeiros, é impossível saber quantas vítimas ainda estariam no local

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.