Saúde no interior

"Mais Médicos" tem adesão de 18,4 mil profissionais e 3,5 mil municípios

Previsão é de que, até setembro, médicos já estejam no municípios atendendo à população

26/07/2013 - 17h11min

O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira que 18.450 profissionais e 3.511 prefeituras (63% dos municípios) se inscreveram para participar do primeiro ciclo de contratações do programa federal Mais Médicos. Até o próximo domingo, os profissionais brasileiros inscritos podem selecionar seis municípios onde querem atuar.

Um ponto que chamou a atenção do ministro da Saúde Alexandre Padilha foi a quantidade de 8,3 mil médicos com registros profissionais inválidos.

— Eles têm até domingo (28/7) a meia noite para corrigir — afirmou o ministro.

Os critérios de seleção serão ordem de inscrição, proximidade com estado de origem e escolha do local de acordo com a necessidade do município. Mas se as vagas não forem preenchidas, médicos estrangeiros poderão ser chamados. O prazo para os estrangeiros apontarem as cidades escolhidas vai até o dia 8 de agosto. Depois disso, um novo período de inscrições de médicos e municípios será reaberto no dia 15 de agosto.

Padilha ressaltou que não houve nenhuma região com adesão inferior a 50% e chamou a atenção para o forte interesses dos estados do Amazonas (97% dos municípios cadastrados) e do Amapá (94%). Outro ponto salientado pelo ministro foi o interesse de mais 90% dos municípios prioritários do programa.

— O programa não quer substituir médicos nem demitir, e sim aumentar a quantidade de profissionais — afirmou.

Sobre os recursos pata estrutura, Padilha afirmou que poderá dobrar o que é destinado atualmente para manutenção das unidades básicas de saúde.

As inscrições superaram as expectativas do governo. De acordo com o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Sales, o saldo positivo foi reflexo da articulação dos municípios brasileiros e dos médicos dispostos a atuar na atenção básica.

— Ficamos muito satisfeitos com o andamento até agora. Em período de 15 dias, nunca tivemos uma adesão tão grande — diz Sales.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.