Protestos

Presidente da Câmara de Porto Alegre e fotógrafo dizem ter sido agredidos por manifestantes

Vereador Thiago Duarte e servidor Elson Pedroso teriam sido empurrados após tentativa de invasão de estúdio da Câmara

12/07/2013 - 17h34min
Presidente da Câmara de Porto Alegre e fotógrafo dizem ter sido agredidos por manifestantes Elson Sempé/Especial
Início da confusão na Câmara dos Vereadores de Porto Alegre Foto: Elson Sempé / Especial  

Por volta das 17h de hoje, os manifestantes que ocupam a Câmara dos Vereadores de Porto Alegre desde quarta-feira teriam agredido o presidente da casa, Thiago Duarte (PDT), e um fotógrafo do setor de comunicação do Legislativo.

Ambos teriam sido empurrados por cerca de 15 manifestantes enquanto desciam as escadas do terceiro para o segundo andar da casa. Poucos minutos antes, os vereadores haviam entregue uma contrapoposta aos pedidos dos manifestantes.

_ Fui empurrado na escadaria até a porta do gabinete da presidência, no segundo andar. A confusão começou quando os manifestantes tentaram invadir o estúdio da TV Câmara. Já providenciei um boletim de ocorrência registrando a agressão _ afirmou Duarte.

Conforme o fotógrafo agredido, Elson Sempé Pedroso, os ativistas desferiram chutes e xingaram ambos na escadaria.

- Estávamos eu e o presidente (da Câmara) no corredor, quando um grupo de 15 pessoas nos empurrou. Nessa confusão, o presidente foi empurrado e eu levei um chute. Nos refugiamos dentro da sala da presidência – relatou o fotógrafo Elson Sempé Pedroso.

O advogado dos manifestantes, Samuel Sganzerla, afirmou que seus clientes negam qualquer tipo de agressão.

_ Os fatos precisam ser melhor apurados. Os manifestantes com os quais conversei negam as agressões _ afirmou Sganzerla.

De acordo com Pedroso, Duarte e servidores que dizem ter acompanhado a confusão, os ativistas reclamaram de serem fotografados e de que os vereadores estariam repassando informações para a imprensa sobre a ocupação.

Minutos depois do tumulto, policiais da Brigada Militar e guardas municipais isolaram os vereadores e servidores no gabinete da Presidência, enquanto os manifestantes ocupavam o plenário e as demais dependências da casa.



Policial leva para perícia garrafa e produto químico encontrados por seguranças da Câmara no estacionamento

Logo após a confusão, um segurança da Câmara informou que encontrou uma garrafa com líquido sob um automóvel no estacionamento. A Brigada Militar recolheu o artefato e informa que está investigando a procedência e se pode ser um coquetel molotov.

Às 20h de hoje, os manifestantes se reuniam para decidir se permanecem ou deixam o prédio espontaneamente.


Confira o vídeo da ocupação na última quarta-feira:

 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.