A postos

EUA enviam quinto destróier ao Mediterrâneo pela crise síria

Navios americanos estão diante do litoral sírio caso o presidente Barack Obama decida atacar o regime de Bashar al-Assad

29/08/2013 - 13h39min
EUA enviam quinto destróier ao Mediterrâneo pela crise síria AFP PHOTO/Navy Visual News Services
"USS Stout" está no Mediterrâneo pronto para iniciar o ataque à Síria caso Barack Obama decida por uma intervenção militar contra o regime sírio Foto: AFP PHOTO / Navy Visual News Services  

A marinha americana enviou seu quinto destróier para o leste do Mediterrâneo, afirmou nesta quinta-feira à AFP uma fonte do Departamento de Defesa, quando os países ocidentais planejam lançar um ataque contra a Síria.

— O "USS Stout" está no Mediterrâneo e se dirige para o leste — declarou o funcionário, que disse ainda que o navio foi enviado para substituir o "USS Mahan". No entanto, os dois navios poderão ficar diante do litoral sírio por tempo indeterminado.

Leia mais:
>>> Obama ainda não tomou decisão sobre ataque à Síria
>>> Estados Unidos e Grã-Bretanha retardam ataque à Síria

Os destróieres "USS Mahan", "USS Ramage", "USS Barry" e "USS Gravely" patrulham o oriente do Mediterrâneo, preparados para lançar mísseis Tomahawk caso o presidente americano, Barack Obama, decida atacar o regime de Bashar al-Assad.

A Marinha americana não revelou quantos mísseis Tomahawk estão em cada destróier, mas os analistas citam 45 mísseis.

A fonte do Departamento de Defesa, que pediu anonimato, não informou quanto tempo o "USS Mahan" ficará no Mediterrâneo antes de retornar ao porto base de Norfolk, na costa leste americana, do qual zarpou no fim de 2012.

Assad diz que Síria sairá vitoriosa de confronto com os EUA

O presidente sírio Bashar al-Assad declarou que seu país sairá vitorioso de um confronto com os Estados Unidos, segundo o jornal libanês Al Akhbar.

Vários países ocidentais, liderados pelos Estados Unidos, preparam um ataque militar contra o regime sírio, a quem acusam de ter usado armas químicas contra civis perto de Damasco.

—Desde que começou a crise, vocês sabem, esperamos o momento em que nosso verdadeiro inimigo se levantará — declarou Assad, segundo al Akhbar.

— É um confronto histórico do qual sairemos vitoriosos — afirmou o presidente sírio.

Veja o mapa sobre os refugiados sírios espalhados pelo Oriente Médio:

Mapa

 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.