Clima de outono

Árvore e poste caem sobre casa na zona norte de Porto Alegre

Forte temporal que atingiu a Capital na madrugada deixou a família de Gislaine fora de casa

Atualizada em 27/02/2014 | 09h2727/02/2014 | 09h17
Árvore e poste caem sobre casa na zona norte de Porto Alegre Diogo Zanatta/Especial
Gislaine (segunda da dir. para esq.) e a família precisaram buscar abrigo com parentes Foto: Diogo Zanatta / Especial

O forte temporal que atingiu Porto Alegre na madrugada, com rajadas de vento de até 76 km/h, causou estragos pela cidade. Além da falta de luz e de alguns pontos com alagamento, a Capital também registrou quedas de árvores e pelo menos um poste de luz.

Leia mais
Frio e temporal com rajadas de vento acima dos 70 km/h marcam a quinta-feira


Acordada de sopetão às 4h30min, a operadora de caixa Gislaine Nascimento de Meda teve que deixar a residência onde mora com os três filhos no bairro Rubem Berta. Um poste de luz da CEEE e uma árvore atingiram a casa, obrigando a família a procurar abrigo com parentes que moram nas proximidades.

Árvore sobre a casa de Gislaine
Foto: Diogo Zanatta, Especial


— Tentamos entrar em contato com a CEEE desde as 4h30min, mas não conseguimos. Não posso entrar em casa até eles desligarem a rede, né? Acho muito perigoso. E, depois disso, ainda vou precisar arrumar o telhado — afirma Gislaine, que perdeu o dia de trabalho devido ao incidente.

Por volta das 8h30min, a assessoria de imprensa da companhia informou à reportagem que uma equipe de manutenção estava sendo direcionada para solucionar o problema de Gislaine. Segundo a CEEE, não há uma estimativa de quantas pessoas estão sem luz e os casos são pontuais, na maioria provocados por queda de vegetação na rede.


Poste sobre a casa de Gislaine
Foto: Diogo Zanatta, Especial


Tempo no RS

A quinta-feira amanheceu fria no Rio Grande do Sul. Das 37 estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) distribuídas pelo Estado, somente a de Torres registrou temperatura acima dos 20°C. O dia deve ser chuvoso e a máxima no RS não passa dos 27°C, em São Borja.

Em Porto Alegre, onde a quinta-feira amanheceu com 17,7°C, foram registradas rajadas de vento de até 76 km/h, o que provocou queda de árvores e galhos pela cidade.

Em Camaquã, foi registrado o acumulado de 52,2 mm, o que corresponde a 45% da média mensal. Também na região sul, Canguçu, com 39 mm, e Caçapava do Sul, com 37 mm, foram  as que registraram os maiores acumulados

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.