Porto Alegre

Pais de alunos de escola da Capital se preocupam com possível trote no primeiro dia de aula

Brincadeira com ovo feriu olho de aluna do Colégio Anchieta no ano passado

14/02/2014 | 18h21

A possibilidade de que um trote com ovos e catchup volte a marcar o primeiro dia de aulas do Colégio Anchieta, na Capital, na próxima segunda-feira, está assustando pais de alunos da instituição.

Na quarta-feira, uma foto de um estudante mascarado com dezenas de ovos identificados com o nome de colegas mais jovens foi publicada num perfil coletivo de alunos do terceiro ano do Ensino Médio no Facebook. No ano passado, um ovo arremessado durante a brincadeira atingiu o olho de uma estudante de 14 anos. Durante algumas semanas, que esteve sob perigo de ter a visão comprometida, o que não ocorreu.

A advogada Luciana Oliveira, mãe de uma aluna do primeiro ano, acompanhou a postagem dos alunos na rede social e comunicou a direção da escola e o Ministério Público. O nome da filha de Luciana estava escrito em duas dúzias de ovos.

— O trote de terceiro ano é tradicional, mas ao longo do tempo foi se tornando perigoso, até que no ano passado a menina foi atingida de forma praticamente fatal — preocupa-se Luciana.

Ex-aluna do Anchieta, a advogada cursou o terceiro ano em 1977.

— Naquela época já havia um festejo, com bixiguinhas de água, algo que não machucava, era só brincadeira — relembra.

Outra mãe, que prefere não ser identificada, chegou a procurar a Promotoria da Infância:

— Queremos que seja feita uma brincadeira saudável, sem materiais que possa causar qualquer tipo de problema — disse ela.

O coordenador de Ensino Fundamental II e Ensino Médio, Carlos Sffair, garantiu que a escola está tomando medidas necessárias.

— Montamos uma estrutura para poder receber os alunos e ficar alertas e evitar que existam abusos por partes deles. Estamos preparados para que isso não ocorra dentro da escola e fizemos contato com a Brigada Militar comunicando o que estava acontecendo nas redes sociais e pedindo a colaboração deles para que façam o acompanhamento na parte externa da escola — afirmou Sffair.

Notícias Relacionadas

Trote de mau gosto 12/03/2013 | 05h31

"Pensei que tinha ficado cega", diz aluna ferida no olho

Garota de 14 anos foi atingida por ovo arremessado por aluno em saída de colégio da Capital

Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.