Golpe milionário

Polícia Federal dá orientações para clientes que podem ter sido vítimas de advogado em Passo Fundo

Mais de 300 pessoas procuraram a ajuda da polícia com suspeita de terem sido lesadas

28/02/2014 | 19h38

Em uma semana, a Polícia Federal de Passo Fundo recebeu 300 pessoas e respondeu a 250 e-mails de clientes relatando que foram vítimas de Mauricio Dal Agnol. O advogado é suspeito de dar golpe em 30 mil clientes e lucrar R$ 100 milhões de forma indevida.

Leia mais:

>> Foragido, advogado suspeito de dar golpe em 30 mil clientes pede habeas corpus
>>Quem são as vítimas do advogado que teria aplicado golpe das ações em Passo Fundo
>>Como funcionaria o golpe
>> Juiz de Passo Fundo emite parecer sobre decreto de prisão preventiva de advogado
>> Presidente da OAB suspende carteira do advogado Maurício Dal Agnol
>> Advogado gaúcho investigado por fraude é procurado pelo FBI

Devido ao volume de depoimentos, a PF afirma que abrirá novos inquéritos para investigar o golpe. Conforme o delegado Mauro Moraes, muitos dos clientes chegaram à delegacia com os alvarás das ações movidas por Dal Agnol em mãos, relatando que receberam menos do que deveriam.

— Quando há a comprovação de que o cliente deveria receber “x”, mas recebeu menos, vamos ouvi-lo e utilizar os documentos para instaurar novos inquéritos. Por isso, é importante que as pessoas venham aqui — explica o delegado.

Já para aquelas pessoas que acham que foram lesadas, mas não têm certeza, a orientação do delegado é que elas procurem primeiramente um advogado de confiança.

— Estes clientes precisam buscar o processo e ver o alvará. Se o golpe for comprovado, podem vir até a delegacia.

Ele também relata que a PF de Passo Fundo recebeu relatos de clientes que procuraram outras delegacias do órgão no Estado e até de pessoas que acionaram a Polícia Civil, por morarem em cidades onde não há delegacias da PF.



Conheça jatinho de US$ 12 milhões de advogado Maurício Dal Agnol

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.