Infraestrutura

EGR assina contrato para restauração da RSC-287

Trechos que passarão por reforma ficam entre Tabaí e Santa Cruz do Sul e entre Santa Cruz do Sul e Vila Paraíso

06/03/2014 | 19h40

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) assinou nesta quinta-feira um contrato para a restauração de dois trechos da RSC-287. A obra, orçada em R$ 37,3 milhões, deve recuperar 77 quilômetros entre Tabaí e Santa Cruz do Sul e 72 quilômetros entre Santa Cruz do Sul e Vila Paraíso.

Segundo a estatal, a reforma será executada pela Traçado Construções e Serviços Ltda, a empresa vencedora da concorrência pública, e será custeada pela arrecadação das praças de pedágio de Venâncio Aires e Candelária.

A construtora terá cinco dias para iniciar os trabalhos na rodovia, a partir do recebimento da autorização de serviço, previsto para a próxima segunda-feira. O prazo para conclusão da obra é de dois anos e a execução será fiscalizada pela EGR.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.