EUA

Estado do Colorado lança campanha para evitar que usuários dirijam sob uso da maconha

Anúncios custaram US$ 500 mil, que foram financiados pelo Departamento Estadual dos Transportes

13/03/2014 | 20h57
O Estado do Colorado (oeste dos Estados Unidos), que autorizou em janeiro a compra de maconha para fins recreativos, lançou uma campanha publicitária para dissuadir os usuários de dirigir sob seu efeito.

Com humor, três anúncios lembram que, assim como o álcool, a droga não combina com o volante. A campanha custou 500 mil dólares e foi financiada pelo Departamento estadual dos Transportes.

Em um deles, um jovem tenta ligar uma churrasqueira elétrica, até que percebe que o gás acabou. "Fazer um churrasco chapado agora é legal. Dirigir para comprar o gás que você esqueceu, não".

Em outro, um homem eufórico instala sua nova televisão na parede de sua sala, com ferramentas inadequadas, até que a TV cai e quebra. "Instalar sua televisão depois de ter fumado agora é legal. Dirigir para comprar outra, não".

As três peças terminam com a mesma mensagem: "Dirija chapado e você será preso".

"Fumar e dirigir leva à prisão", informou o Departamento dos Transportes, acrescentando que "a legalização da maconha em janeiro de 2014 não mudou nada nessa lei".

Nos Estados Unidos, a droga pode ser comprar em 21 estados com fins medicinais e, em Colorado e em Washington, para uso recreativo.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.