Do Mediterrâneo ao Central

Foragido da Justiça gaúcha é extraditado após ser preso na Grécia

Representante comercial é processado por homicídio qualificado em Porto Alegre

14/03/2014 | 17h39
Foragido da Justiça gaúcha é extraditado após ser preso na Grécia Interpol/Reprodução
Perfil do representante comercial foi publicado no site da Interpol Foto: Interpol / Reprodução

Capturado na Grécia em junho, um foragido da Justiça gaúcha que vivia em Atenas desembarcou na manhã desta sexta-feira em Porto Alegre. O representante comercial Fernando Borges Sampaio, de 50 anos, permaneceu detido no país europeu durante a tramitação do processo de extradição. Ele foi encaminhado ao Presídio Central para ficar à disposição da 2ª Vara do Júri de Porto Alegre, na qual responde por homicídio qualificado.

Sampaio, de 50 anos, é acusado do assassinato de Paula Anelise da Silva Ries, que seria seria sua amante. O crime aconteceu na noite de 11 de abril de 2002, na Rua Adão Baino, na zona norte de Porto Alegre. Paula, que tinha 39 anos, foi morta por estrangulamento em seu apartamento. Ela estaria pressionando Sampaio a viver com ela.

Sampaio era casado desde 1994 com uma grega e tinha nacionalidade do país mediterrâneo. A prisão é resultado do trabalho de cooperação entre a Polícia Federal brasileira e as autoridades gregas. Os dados do foragido estavam inseridos no sistema de capturas da Interpol, denominado "Difusão Vermelha", que possibilita a prisão de criminosos procurados em países membros da "polícia internacional".

Ele foi preso pela primeira vez na Grécia em agosto de 2012, mas teve que ser solto porque o governo brasileiro não formalizou o pedido de extradição dentro do prazo de 30 dias. A segunda prisão ocorreu em 13 de junho de 2013. Nos últimos dias, policiais federais viajaram à Europa para conduzi-lo de volta ao Brasil.

O advogado de Sampaio, Paulo Agne Fayet de Souza, afirma que ele nunca esteve foragido, porque sempre informou o endereço da residência na Grécia. A defesa já ingressou com um pedido de liberdade ou de aplicação de medidas diversas da prisão e aguarda a manifestação do Poder Judiciário.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.