Paralisação nas cadeias

Greve tem baixa adesão e não prejudica os serviços penitenciários, afirma Susepe

Para sindicato movimento está tomando corpo e adesões devem aumentar ao longo do dia

25/03/2014 | 11h57

Os serviços penitenciários no Rio Grande do Sul estão funcionando normalmente, apesar da paralisação dos servidores da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). A avaliação é da própria superintendência, que estima em 10% as atividades comprometidas pela mobilização. A greve, por tempo indeterminado, foi decidida em assembleia no início do mês. 

Leia mais
Servidores da Susepe iniciam greve nesta terça-feira

Agentes penitenciários entrarão em greve a partir do dia 25

Segundo a assessoria de imprensa da Susepe, há pequenos grupos de servidores espalhados pelo Estado que aderiram à greve, principalmente em Porto Alegre, mas em nenhum local há adesão integral. Assim, não teria sido afetada, até as 11h30min, nenhuma audiência.

Já o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Rio Grande do Sul (Amapergs), Flávio Berneira, afirma que os servidores estão se mobilizando e que a categoria está unida. Segundo ele, o presídio feminino Madre Peletier e o Núcleo de Segurança e Disciplina, ambos em Porto Alegre, contam com grande adesão.

— Somente vamos conseguir estimar o volume da greve à tarde. A tendência é da adesão aumentar — afirmou o presidente.

A orientação do sindicato é para que os servidores compareçam ao trabalho. Estão previstos piquetes em frente às casas penitenciárias e, conforme o sindicato, serão mantidos os serviços de alimentação, transporte para júris, alvarás de soltura e progressão de regime, atendimento médico, escoltas hospitalares e visitas.

Reivindicações

Entre as reivindicações da categoria estão o reajuste salarial, a revisão da tabela de subsídios dos agentes penitenciários administrativos e a revisão dos critérios para a aposentadoria das mulheres, baixando o tempo de serviço de 30 para 25 anos.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.