Mistério

Índia procura avião desaparecido em ilhas desabitadas

Militares realizam buscas nos arquipélagos de Andaman e Nicobar

14/03/2014 | 10h41
Autoridades militares da Índia concentram em ilhas desabitadas as buscas ao boeing 777 da empresa Malaysia Airlines, que está desaparecido desde o último sábado. De acordo com agências internacionais, a operação nos arquipélagos de Andaman e Nicobar começou na manhã desta sexta-feira. Até o momento, as equipes de busca não localizaram nenhuma pista que possa indicar o destino do voo MH370 .

Conforme uma autoridade militar indiana, apenas 37 das 572 ilhas que fazem parte dos arquipélagos são habitadas. O restante das ilhas é composto por densas matas. Além das equipes que circulam em aviões, o governo da Malásia pediu que destroier dos Estados Unidos que estava no Golfo da Tailândia navegasse para o Oceano Índico

A procura se concentrou em um primeiro momento no Mar da China meridional, ao leste da Malásia, na rota que o voo deveria ter realizado, entre Kuala Lumpur e Pequim.
Mas as autoridades suspeitam que o avião pode ter dado meia-volta. Além disso, um radar militar detectou um objeto não identificado na manhã de sábado no estreito de Malaca, a oeste da Malásia.

Na quarta-feira, A China detectou em seus satélites objetos flutuantes no Mar de Adamão, mas nada foi encontrado.

O voo MH370, da empresa Malaysia Airlines, com 239 pessoas a bordo, desapareceu no sábado uma horas após decolar de Kuala Lumpur com destino a Pequim.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.