Voo MH370

Polícia malaia investiga passageiros, piloto e tripulação de voo desaparecido

Buscas foram feitas na casa do piloto e copiloto do voo da Malaysia Airlines. Evidências indicariam que o desparecimento do avião é resultado de ação deliberada

Atualizada em 16/03/2014 | 14h5815/03/2014 | 10h39

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak concedeu uma entrevista coletiva na manhã deste sábado e revelou que o novo foco da investigação para encontrar o avião  da Malaysia Airlines desaparecido há uma semana, são os passageiros, a tripulação e o piloto do Boeing 777-200. Evidências indicariam que o desaparecimento do avião foi resultado de ação deliberada, informou Razak.

Leia mais:
>>Primeiro-ministro da Malásia: desparecimento de avião é resultado de ação deliberada
>> Leia todas as notícias sobre o avião desaparecido em página especial

Do acordo com a CNN, a polícia malaia realizou buscas na casa do piloto Zaharie Ahmad Shah, 53 anos, neste sábado. Um jornal local da Malásia, o New Straits Times, informou que a mesma van policial que se dirigiu a casa do piloto foi localizada mais tarde em frente à residência do copiloto do voo MH370, Fariq Abdul Hamid, 27 anos.

Segundo Razak, no último contato da aeronave com o satélite, ela estava em uma de duas localizações possíveis: ou próximo à fronteira do Cazaquistão e Turcomenistão, ao norte da Tailândia, ou no corredor sul que se estende da Indonésia ao sul do Oceano Índico. O primeiro-ministro revelou ainda que as buscas ao avião serão estendidas a estes locais.

 

 

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.