Prende e solta

Preso por homicídio, homem é solto e tenta matar rivais na Capital, diz polícia

Davi da Silva Machado, 30 anos, é suspeito de atirar contra membros de gangues no bairro Restinga

13/03/2014 | 11h30

Com extensa ficha criminal, que inclui três homicídios, roubo e posse ilegal de arma, Davi da Silva Machado, 30 anos, é procurado pela Polícia Civil de Porto Alegre por uma dupla tentativa de assassinato no bairro Restinga. Na última quarta-feira, ele e um comparsa tentaram matar membros de gangue rival, segundo a polícia. Ele havia sido preso no final de 2013 por uma morte no mesmo local e acabou solto pouco tempo depois.

Atuação de juíza de Porto Alegre é alvo de críticas de MP e polícia

– Conhecemos ele como sendo um dos matadores da "Gangue dos Milton", da Restinga. É um sujeito perigoso. Quando fica preso, costuma mandar recados para os familiares das vítimas com ameaças – afirma o delegado Rodrigo Garcia, da 4ª delegacia de Homicídios do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Conforme Garcia, o suspeito estava em uma motocicleta e atirou seis vezes contra as vítimas, que foram baleadas nas pernas. O delegado ressalta que na soltura de Davi, concedida pela juíza Sonáli da Cruz Zluhan, da 1ª Vara Criminal do Tribunal do Júri de Porto Alegre, consta que o réu é primário e não tem nenhuma condenção transitada em julgado:

– Ele tem muitas passagens por diversos crimes, inclusive assassinatos. Deixar ele solto dificulta muito nosso trabalho, pois as famílias das vítimas não vão querer falar e provavelmente terão de se mudar, com medo das ameaças.

A juíza Sonáli Zluhan assumiu a 1ª Vara Criminal do Tribunal do Júri em 21 de janeiro deste ano e, em pouco mais de um mês, revogou as prisões de 31 pessoas, sendo que 20 delas voltaram a circular pelas ruas. Na maioria dos casos, os detidos respondiam por delitos como homicídio doloso, formação de quadrilha, tráfico de drogas e receptação.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.