Ecos da Guerra Fria

"Rússia está sozinha", diz Obama em cúpula com líderes da UE

Moscou "jogou mal ao pensar que poderia criar um abismo" entre a Europa e os Estados Unidos, disse o presidente

26/03/2014 | 16h52
"Rússia está sozinha", diz Obama em cúpula com líderes da UE GEORGES GOBET/AFP
Obama considerou que a crise ucraniana demonstra a "necessidade para a Europa de diversificar suas fontes de energia" Foto: GEORGES GOBET / AFP

O presidente americano, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira, em Bruxelas, ao final de uma cúpula com líderes da União Europeia que "o mundo é mais seguro e justo quando a Europa e os Estados Unidos são solidários".

"Os Estados Unidos e a Europa estão unidos" na crise ucraniana e "a Rússia está sozinha", acrescentou Obama, durante uma coletiva de imprensa.

Moscou "jogou mal ao pensar que poderia criar um abismo" entre a Europa e os Estados Unidos, acrescentou o presidente americano após uma reunião que durou mais de uma hora com os presidentes do Conselho Europeu Herman Van Rompuy e da Comissão José Manuel Barroso.

Obama considerou que a crise ucraniana demonstra a "necessidade para a Europa de diversificar suas fontes de energia". Atualmente, o bloco europeu é muito dependente das importações de gás russo.

Obama também se declarou preocupado com a redução de gastos de Defesa.

– A liberdade tem um preço.

O presidente americano, que participou de uma cúpula sobre segurança nuclear e de uma reunião do G7 em Haia nos últimos dois dias, deve se reunir com o secretário-geral da Otan Anders Fogh Rasmussen e discursar sobre as relações transatlânticas em Bruxelas, antes de viajar para Roma.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.