Avião desaparecido

Satélites de 15 países buscam avião da Malaysia Airlines

Satélites de observação da Terra pertencentes a 15 países estão procurando o avião desaparecido em virtude de um acordo internacional.

12/03/2014 | 15h54
A Carta Internacional sobre o Espaço e as Grandes Catástrofes indicou em seu site que a China ativou este acordo internacional que data de 2000.

Em virtude deste acordo, em casos de emergência, as 15 agências espaciais ou institutos nacionais signatários, pertencentes aos Estados Unidos, União Europeia, Japão, China, Índia, Argentina e Brasil, podem colocar seus satélites à disposição das operações de resgate.

Neste caso, estes satélites dedicados habitualmente à observação meteorológica ou à supervisão do meio ambiente, entre outras coisas, proporcionam imagens grátis da região afetada.

— Agora se está usando a imaginologia para buscar rastros do avião, tanto antes como depois que desapereceu, indica o site.

A Carta foi ativada centenas de vezes, principalmente para organizar tarefas de resgate depois de desastres naturais, como inundações, tsunamis, ciclones ou terremotos.

Dessa forma, foi ativada em novembro, quando o supertufão Haiyan sacudiu as Filipinas.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.