Puxão de orelha

Zuckerberg: governo dos EUA é ameaça à internet

Fundador do Facebook ligou para Obama para expressar frustração com programas de espionagem

13/03/2014 | 19h29
O fundador e diretor-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou nesta quinta-feira que telefonou para o presidente Barack Obama para dizer que o governo americano está acabando com a confiança na internet com seus programas de espionagem.

— Liguei para o presidente Obama para expressar minha frustração com o dano que o governo está criando para o nosso futuro — afirmou Zuckerberg, em um texto em sua página oficial na rede social, mostrando sua irritação com Washington.

— Infelizmente, parece que vai demorar muito até que seja feita uma reforma completa — lamentou.

— O governo dos Estados Unidos devia ser um defensor da iInternet, não uma ameaça. Devia ser transparente em relação ao que está fazendo, ou as pessoas vão pensar o pior — acrescentou.

O comentário foi publicado um dia depois da revelação de que a Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) imitou servidores do Facebook para infectar computadores com um malware que possibilitava a coleta de dados de computadores em escala massiva.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.