Governo em xeque

Requerimento de CPI mista da Petrobras é protocolado pela oposição

Segundo o senador Aécio Neves, pedido de investigação da estatal conta com 231 assinaturas de deputados e 30 de senadores

02/04/2014 | 15h57

Após a reviravolta desta terça-feira e a aparente vantagem do governo em barrar a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobras, a oposição protocolou na tarde desta quarta-feira outro requerimento de CPI, mas dessa vez mista (que envolve a Câmara e o Senado).

Segundo postou no Twitter a assessoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o requerimento de CPI mista conta com 231 assinaturas de deputados e 30 de senadores.

Leia mais:

> Dilma teria recebido contrato de Pasadena 15 dias antes
> Renan anuncia CPI, mas senadora governista pede impugnação
> Petrobras anuncia investiga interna sobre negócio de Pasadena

O pedido de investigação tem o mesmo teor de outro, lido na terça-feira no Senado, que pede a criação da CPI da Petrobras com quatro objetos a serem investigados: processo de aquisição da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA); indícios de pagamento de propina a funcionários da estatal pela companhia holandesa SMB Offshore; denúncias de falta de segurança em plataformas; indícios de superfaturamento na construção de refinarias.



le="" alt="" align=middle src="http://www.clicrbs.com.br/rbs/image/16339651.jpg" width=624>

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.