Meia-volta

Após ameaça de passageiro, avião canadense retorna ao aeroporto

Aeronave estava com 187 pessoas a bordo e tinha como destino o Panamá

25/07/2014 | 17h34

Um Boeing 737, que levava turistas canadenses ao Panamá, foi obrigado a dar meia-volta nesta sexta-feira, escoltado por dois aviões americanos, depois de ameaças de um passageiro.

O avião tinha 187 pessoas a bordo, incluindo seis membros da tripulação. Segundo um porta-voz da companhia Sunwing, a aeronave precisou retornar ao aeroporto, mas nada grave aconteceu:

— (O avião) deu meia-volta aproximadamente 45 minutos depois de decolar, na altura da Virgínia Ocidental (leste dos Estados Unidos), devido a um passageiro agitado, que representava uma ameaça direta ao voo.

Leia todas as notícias de Zero Hora
Leia todas as notícias sobre Mundo

Dois aviões de caça americanos F-16 acompanharam a aeronave até sua aterrissagem em Toronto, no Canadá, afirmou a capitã Jennifer Stadnyk, do Comando de Defesa Aeroespacial da América da Norte (NORAD).

O homem, um canadense de 25 anos, foi detido e será interrogado, informou o porta-voz da polícia local.

* AFP

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.