Mundo

Disparos de foguete matam quatro egípcios no Sinai do Norte

Pelo menos três civis e um soldado morreram

13/07/2014 | 21h12
Pelo menos três civis e um soldado morreram, e outras 22 pessoas ficaram feridas, vítimas de três foguetes que caíram na madrugada desta segunda-feira (horário local) em El Arish, capital regional do Sinai do Norte — relataram fontes médicas egípcias.

Leia todas as notícias de Zero Hora

O primeiro foguete, que caiu na frente de uma loja no sul da cidade, perto do quartel-general dos serviços de segurança, matou três civis e deixou 22 feridos, incluindo várias crianças. Outros dois foguetes atingiram um posto militar, matando um soldado e deixando outros três feridos, acrescentaram as mesmas fontes.

Desde a destituição e a detenção por parte do Exército do então presidente islâmico, Mohamed Mursi, em 3 de julho de 2013, acontecem ataques quase diários contra as forças de segurança na península desértica do nordeste egípcio.

Segundo o governo, essas investidas já deixaram mais de 500 mortos — policiais e soldados em sua maioria. A autoria de boa parte desses ataques foi reivindicada por grupos jihadistas.

*AFP
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.