Em Hebron

Forças israelenses matam palestino em confrontos na Cisjordânia

Exército israelense não comentou a morte, mas anunciou a detenção de 23 palestinos na cidade durante a madrugada

14/07/2014 | 08h33
Forças israelenses matam palestino em confrontos na Cisjordânia THOMAS COEX/AFP
Mais um palestino morreu após confrontos com o exército israelense Foto: THOMAS COEX / AFP

Um palestino morreu nesta segunda-feira em confronto com o exército israelense na cidade de Hebron, ao sul da Cisjordânia, segundo anunciou a família da vítima. O homem, identificado como Munir Ahmed Badarin, de aproximadamente 20 anos, foi atingido por tiros em confrontos perto de Al-Samua e morreu pouco depois, ao chegar no hospital.

Leia todas as notícias de Zero Hora
Leia todas as notícias sobre mundo

O exército israelense não comentou a notícia da morte, mas anunciou a detenção de 23 palestinos na Cisjordânia durante a madrugada. As ações fazem parte de uma operação para encontrar os responsáveis pelo sequestro e assassinato de três israelenses no mês passado.

Esses crimes, que Israel atribuiu ao grupo radical Hamas, e que foram seguidos pelo assassinato de um jovem por extremistas judeus, desencadearam o atual conflito entre Israel e o Hamas em Gaza.

Leia mais
Entenda a crise na Faixa de Gaza em 10 pontos
ONU condena morte de palestinos e adverte contra ofensiva de Israel
Presidente da Autoridade Palestina pede que ONU coloque área sob "proteção internacional"
Ataques israelenses matam 30 palestinos na Faixa de Gaza

A ofensiva israelense na Faixa de Gaza deixou 172 palestinos mortos — até o monento em sua maioria civis. Nesta segunda-feira, o governo da Arábia Saudita anunciou uma ajuda de emergência de mais de US$ 53 milhões às vítimas dos bombardeios israelenses na Faixa de Gaza.

*AFP

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.