Dia D

Julgamento de homem acusado de atropelar oito pessoas em Tramandaí é marcado para outubro

Iberê Vargas Braga se envolveu no acidente que resultou na morte de três pessoas em março de 2012

28/07/2014 | 19h53
Julgamento de homem acusado de atropelar oito pessoas em Tramandaí é marcado para outubro Artur Scartazzini/
Acidente na ponte de Tramandaí deixou três pessoas mortas Foto: Artur Scartazzini

A 1ª Vara Criminal de Tramandaí ouviu na tarde desta segunda-feira três testemunhas de defesa e uma de acusação no caso do atropelamento que matou três pessoas e feriu outras duas em um acidente na ponte do rio Tramandaí, no Litoral Norte, em março de 2012.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, uma nova audiência do caso e o julgamento do condutor Iberê Vargas Braga, denunciado pela promotoria de Justiça por três homicídios e cinco tentativas de homicídio, foi marcado para o dia 13 de outubro.

O condutor está preso desde o atropelamento.

Leia todas as notícias de Zero Hora

Relembre o caso

— O mecânico Iberê Vargas Braga passa na casa do amigo Édson Dullius Júnior, às 14h do dia 17 de março, em Osório, e segue com ele ao Centro de Eventos de Tramandaí.

— Pouco antes das 17h, eles saem pela Rua Rubem Berta a bordo da caminhonete S-10 branca de Iberê. A dupla seguiu em direção a Imbé.

— Ao chegar à metade da ponte Giuseppe Garibaldi, que une Tramandaí a Imbé, a S-10 toca na traseira de um Focus preto (que segue no mesmo sentido) e perde o controle.

— O veículo sobe na calçada lateral da ponte, atinge pessoas que se encontram no local pescando ou passeando, e cai na água.

— Iberê consegue sair do veículo e é resgatado por um barco que estava no local. Em seguida, ele é preso em flagrante pela polícia.

— O exame do bafômetro de Braga indicou 1,06 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões (concentração acima de 0,33 é considerada crime).

— Bombeiros chegam ao local, às 17h30min, e iniciam as buscas.

— Euclides Capellari, 71 anos, que pescava em companhia do filho, Gilmar Capellari, 44 anos, morre no local.

— O corpo de Gilmar Capellari foi localizado por pescadores na Lagoa do Armazém, a cerca de dois quilômetros do acidente, às 5h30min de domingo (18 de março).

— Outras quatro pessoas ficaram feridas: Eugênio Rosário Rodrigues da Silva, 62 anos, Danilo Griza, 63 anos, Rosa Maria de Oliveira, 47 anos, e Marlene de Oliveira, 65 anos.

— Iberê Vargas Braga é indiciado por homicídio doloso (em razão do dolo eventual, quando o autor assume o risco pela prática do crime).

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.